Menu Busca

Economia e Setores

Do PDV para o dia a dia, POPAI Brasil 2016 faz varejistas repensarem o mercado

“Tudo gira em torno de ideias e práticas para que o varejista consiga melhorar seu desempenho. O objetivo é sempre aumentar as vendas”. As palavras de Zeh Henrique Rodrigues, presidente do POPAI Brasil, dão o tom do evento deste ano. Em 2016, a maior premiação de marketing para PDV do mundo trouxe muito mais do que troféus: é hora dos varejistas fazerem novas reflexões sobre o mercado para encontrar mais oportunidades.

Na noite desta quarta-feira (3), aconteceu a premiação do POPAI Brasil 2016. Foram quase 200 inscrições envolvendo 40 empresas brasileiras. A AZ4 foi a agência mais premiada na 16° edição do evento, com 17 troféus recebidos por trabalhos desenvolvidos para os clientes Ferrero, Heineken, Coca-Cola, Nivea, Unilever, Procter & Gamble, entre outros.  Dos 40 projetos inscritos pela AZ4, 17 receberam premiações; 3 ouro, 3 prata e 11 bronze.

RPC - Popai - Premiação
149 Índios foram entregues na noite de onte, na premiação do POPAI Brasil 2016

E não foi só isso! Neste ano, o POPAI trouxe uma grande novidade: a inclusão da categoria Voto Popular na premiação. A primeira agência a receber o Índio Brasileiro, mais novo troféu da categoria, foi a Escala 7, com a peça feita para promoção do filme Star Wars VII, anunciado pela Disney. A festa de premiação aconteceu ontem, 3, no Transamerica Expo Center, em São Paulo.

RPC - Popai - Indio Brasileiro (2)
Novo prêmio pede novo troféu: Índio Brasileiro foi criado para premiar os vencedores pelo Voto Popular. Vencedor foi a Escala 7 com Auli de Vitto da Brazil

Considerada uma das maiores premiações de marketing de PDV do mundo, o evento reconhece as melhores ações e materiais de merchandising, distribuídas em diversas categorias, como “projetos para design de loja” e “campanhas promocionais para ponto-de-venda”.

RPC - POPAI - Peças premiadas
1 – Tira Cross Vassoura Noviça; Categoria: Projetos Especiais/Alta Tiragem; Índio de Bronze 2 – Foguete Toddynho; Categoria: Displays e Peças de Merchansing; Índio de Prata 3 – Display Enxaqueca Doril – Infinito; Categoria: Displays e Peças de Merchandising; Índio de Prata 4 – Porta Cápsulas Dolce Gusto; Categoria: Projetos Especiais/Alta Tiragem; Índio de Prata

SIM Varejo 2016: PDV de Perfomance

Paralelamente à premiação, o POPAI Brasil promove também o SIM Varejo 2016 Seminário Internacional de Marketing. Neste ano, o tema é PDV de Perfomance. De acordo com Zeh Henrique, presidente do POPAI Brasil, as palestras oferecidas no SIM Varejo 2016 seguem a mesma linha de discussão do ano passado, mas trazendo reflexões que se adéquam ao momento econômico do país. “Tudo gira em torno de ideias e práticas para que o varejista consiga melhorar seu desempenho. Isso em todas as áreas, seja na prática de gestão, comunicação, como se beneficiar da tecnologia no ponto de venda. O objetivo é sempre aumentar a venda” explica.

RPC - Popai - Zeh Henrique e Paulo Salomão
O consumidor está carente de atenção e o varejista perdeu um pouco do olhar do dono”, afirma Paulo Salomão, no bate papo mediano por Zeh Henrique Rodrigues.

Na palestra “PDV tem que vender”, Paulo Salomão, conselheiro de varejo  com mais de 30 anos de experiência no segmento, comentou sobre os principais erros e acertos que os varejistas têm cometido neste momento de recessão. Segundo Salomão, ao longo dos anos os varejistas se distanciaram do processo de venda, delegando a terceiros funções que necessitam do “olhar do dono”. “São as pessoas que fazem o varejo girar, não só metas atingidas. Se o varejista estiver perto, ele consegue orientar o funcionário, motivar. Não estamos falando só de capacitação e técnica de venda, mas ensinar ao funcionário algo maior: ouvir o consumidor. Só que nesse processo o varejista também precisa estar engajado a ouvir”, avalia.

RPC - POPAI - exposição

Até quinta-feira (11/08), o SIM Varejo 2016 estará promovendo palestras que vão ajudar o varejista a otimizar processos e repensar o mercado. “São os detalhes, como um atendimento atencioso, que vão nos ajudar a sair da crise. Não basta focar no problema; é querer encontrar oportunidades”, acredita Salomão.

 

 

 

Inovação aliada ao pioneirismo movimenta o mercado

RPC - POPAI - Ze Henrique
Zeh Henrique Rodrigues, presidente do POPAI Brasil

“Há muitas peças interessantes, que marcam pela inteligência e criatividade, é até injusto apontar apenas algumas. Uma que chamou bastante atenção foi a da marca do bolinho Ana Maria: eles criaram uma peça no conceito loja dentro de loja, que parece um quartinho de criança, chamado “Mundo Ana Maria”. As crianças podem entrar e está cheia de tecnologia, games e outras atividades interativas que envolvem o lúdico e a inocência. Fiquei impressionado por ser uma marca muito tradicional, mas que mostrou que sabe falar a linguagem do seu novo consumidor, dessa meninada que cresceu em uma era de tecnologia intensa”, nos conta Zeh Henrique Rodrigues, presidente do POPAI Brasil.

Novidade quente!

Em 2016, o POPAI BRASIL se fundiu com outra associação internacional, a Retail Enviromental Association, e se tornou a Shop! Todo o processo de fusão tem acontecido desde 2015, mas há menos de um mês, conta Zeh Henrique, é que a marca e o nome foram finalmente decididos. Isso significa que em 2017 o prêmio já chega com uma nova identidade e promete ser ainda melhor. “Vamos aumentar a nossa capilaridade e o poder de integração com essa fusão”, finaliza.

Vamos juntos desenvolver o varejo brasileiro? #DeOlhoNoMercadoRPC

Artigos relacionados

0 respostas para “Do PDV para o dia a dia, POPAI Brasil 2016 faz varejistas repensarem o mercado”

Deixe uma resposta