Menu Busca

Marketing e Comunicação

Um olho nos negócios, outro no cliente

Para manter os negócios saudáveis, é preciso combinar duas estratégias: atração e fidelização de clientes. Entender o comportamento do seu público, surpreendê-lo e cativá-lo só depende de você. Buscamos dicas com a consultora do Sebrae-PR, Marielle Rieping. Confira e aproveite que o ano está só começando!

A consultora do Sebrae-PR, Marielle Rieping, dá dicas para fidelizar seus clientes neste ano
A consultora do Sebrae-PR, Marielle Rieping, dá dicas para fidelizar seus clientes neste ano

Atrair e fidelizar clientes são movimentos de mercado complementares.  Para criar uma marca fortalecida em um cenário econômico instável, é imprescindível fazer um esforço extra e cuidar dos clientes, os novos e os antigos. E não é tão difícil – ou oneroso – quanto parece. Para entender um pouco mais sobre que postura adotar neste momento, separamos algumas dicas oferecidas pela consultora do Sebrae-PR, Marielle Rieping, que podem inspirar seu negócio e dar novas perspectivas para o futuro. Confira:

1. O seu portfólio de produtos e serviços é verdadeiramente bom?

Não basta só olhar para o concorrente. As empresas precisam estar dispostas a encarar o processo de dentro para fora se querem ter mais competitividade. Qual é o seu produto ou serviço com maior rentabilidade? Você entende por que ele é preferência de compra? Para conseguir estas respostas, é preciso entrar em sintonia com o comportamento do seu consumidor: conversar com os clientes, ouvir suas sugestões, descobrir o que mudou na sua percepção de exigência e o que pode melhorar.

A partir disso,  vale dar aquela espiadela no concorrente e checar o que o outro tem feito com excelência. A técnica chamada de “cliente oculto” é interessante e não exige recursos onerosos. O ideal é que as marcas estejam sempre atentas aos detalhes. “A função de um restaurante é oferecer produtos alimentícios, mas será que é só isso que o cliente busca? Hoje, as pessoas querem o ambiente,  o cuidado nos detalhes”, acredita a consultora Marielle Rieping, do Sebrae-PR.

2. Movimento gera movimento

Se tem algo que fascina o consumidor é inovação. Mas é comum que as marcas associem a palavra à tecnologia e a processos que custam caro, mas não é uma regra. Inovar é pensar e agir diferente: mudar a embalagem de um produto, personalizar o ponto de venda, oferecer um brinde relevante, fazendo disso uma constante. Tudo isso cria a ideia de movimento.  Quando uma marca inova e surpreende, ela mostra ao consumidor que está em desenvolvimento, indo pra frente.

3. Conhecer novos modelos de negócios

Depois de um tempo, fica difícil encontrar ideias interessantes para investir em inovação. Busque referências para além do seu próprio segmento ou localidade! Visitar novos ambientes dá um gás na criatividade. “É difícil ir pra frente sem ter a mente aberta para aceitar novas possibilidades”, explica Marielle.

 

4. Entender o comportamento do consumidor focando no estilo de vida

Só mapear o seu consumidor usando variáveis como idade, gênero e classe social pode não ser o suficiente para impactá-lo se a sua marca tem um perfil de atuação segmentado. É preciso estar atento aos hobbies, gostos e valores pessoais do público-alvo. Entendendo isso, você consegue traçar melhor as estratégias que vão oferecer boas experiências de compra. O que emociona o seu cliente? Que sensações ele quer vivenciar ao estar próximo da sua marca ou dentro da sua loja? A que tipo de prazer ele associa o seu produto ou serviço? Outro ponto que também ajuda: como o consumidor em potencial pode chegar até você?

 

Conte para nós quais são os drives que considera importante para fidelizar clientes. No mundo dos negócios, cliente rentável é cliente “na casa”.

 Vamos juntos!

Artigos relacionados

1 respostas para “Um olho nos negócios, outro no cliente”

  1. Vilma Moreira says:

    Excelente a matéria e as dicas! Sou empresária e sempre dá para melhorar, mesmo com a crise. A matéria me inspirou a buscar oportunidades para minha empresa, vou abrir a mente! Gostei!

Deixe uma resposta