Negócios RPC

Notícias

Oportunidades 07 abr. 2016

Aposta certeira, TV alcança mais de 5 milhões de pessoas no PR

Investimentos em anúncios garantem bons resultados ao setor supermercadista

  •  
  •  
  •  

Acordar com o Bom Dia Paraná. Almoçar com o Globo Esporte. Jantar com o Jornal Nacional. Quase sem perceber, pautamos a nossa rotina de acordo com a programação da TV. Quem nunca se atrasou para um compromisso para não perder o capítulo da novela? Ou reuniu a família no almoço de domingo para acompanhar o The Voice Kids? Mais do que um veículo de comunicação, a TV tem um elo emocional com a família brasileira. E o Paraná é fortíssimo em audiência: segundo o Kantar Ibope, em Curitiba,  96% da população assiste à tevê aberta, número maior que a média brasileira (95%).

Mais do que um dado significativo, este número reforça a importância do meio para quem quer estar perto do consumidor. Você pode não saber exatamente quem ele é, mas já sabe do que ele gosta: ficar ligado na telinha! Mais do que entretenimento, na TV seu consumidor  também encontra produtos, serviços e…

… OFERTAS: uma palavra e tanto em ano de crise!

Todo mundo tem um conhecido que anota as ofertas dos supermercados e passa em várias lojas para aproveitar as promoções- segundo pesquisa TGI, 71% dos curitibanos buscam ofertas e descontos. Isso quer dizer que há oportunidades para todos, basta dizer ao seu cliente “ei, estou aqui, veja o que tenho para oferecer!”. Para se ter uma ideia, o gasto médio mensal em alimentos, bebidas, higiene e limpeza da população que nos assiste na região de Curitiba é de R$ 1.119.101.570,78 (Atlas de consumo Globo 2015).  A TV é a maior influenciadora na decisão de compra, com 42% segundo o IpsosMarplan/Sisem.

Fernando Martos fotografia © Rubens Nemitz Jr

Fernando Martos, Diretor Comercial da RPC
fotografia © Rubens Nemitz Jr

Fernando Martos, o nosso diretor Comercial, reforça a importância da propaganda para aumentar vendas: “a TV oferece uma cobertura muito forte para comunicar ofertas, isso leva o cliente à loja. Os supermercadistas compreendem a importância da televisão para alcançar seu consumidor, aprenderam a trabalhar com TV há bastante tempo. Além de atuar dando velocidade ao processo de venda, o meio reforça a lembrança de marca: o supermercado anuncia qualidade e preço, o consumidor comprova essa mensagem. Cria-se uma relação de intimidade, há clientes que vão três ou quatro vezes por semana porque confiam naquele espaço”. Esta relação de consumo fiel é ainda mais fundamental em tempos de economia difícil: o varejo precisa vender rápido e não há meio melhor que a TV para ajudar no giro da gôndola.

 

Quem não é visto não é lembrado

Se a rotina do paranaense está atrelada à programação da TV, deixar de anunciar significa, também, deixar de participar do dia a dia da família. E esta lacuna será preenchida por outro anunciante! Um estudo recente da TiVo Research e 84.51° trouxe um dado relevante para instigar quem corta investimentos em propaganda: 11 marcas foram entrevistadas e registraram redução nas vendas depois de reduzir a verba destinada à propaganda em TV. Seja para anunciar ofertas, lançar novos produtos ou apenas estar presente, anunciar na TV é a melhor forma de falar com uma grande quantidade de pessoas. No Paraná, nós, da RPC, alcançamos mais de 5 milhões de pessoas por dia, segundo o Kantar Ibope.

Fábio Medeiros, Coordenador de Inteligencia de Mercado da RPC

“O alcance da TV está em ótima forma”. As palavras são de Fábio Emanuel Medeiros, nosso coordenador de Inteligência de Mercado. Nos últimos três anos, o meio teve crescimentos consecutivos, colocando a TV em posição de destaque com um alcance incomparável. Somente em Curitiba, são 75 mil telespectadores a mais em 2016, na média diária comparada com 2015. “São 75 mil consumidores a mais que as marcas têm à disposição para alcançar diariamente”, destaca Medeiros. Mais do que atingir um grande número de pessoas, a publicidade na TV também é responsável por qualificar marcas diante do público-alvo de seus produtos e serviços. “A marca se beneficia indiretamente dos atributos da programação. Anunciar durante o intervalo de Malhação, por exemplo, dá um tom jovial ao anunciante. No intervalo do Jornal Nacional, a credibilidade é a tônica da marca”, explica Medeiros.

Isso acontece porque o diálogo com o público mudou. Não se trata mais da venda pura: um comercial precisa ter valor emocional atrelado àquilo que vende. O novo consumidor quer saber mais sobre a marca que consome. Quais são seus valores? As causas que apoia? A origem dos produtos que vende? Fábio Medeiros destaca que “uma das habilidades da propaganda televisiva é justamente transmitir conteúdo com emoção”. Opinião compartilhada por Fernando Martos: “a TV traz imagem, som e movimento de uma vez só. A multimidialidade emociona, traz beleza e brilho. No setor supermercadista, vemos filmes que conseguem aliar oferta, consolidação de marca e também emocionar”, destaca.

 

Sua marca vista por muito mais gente. Sua loja vendendo mais

Em um cenário onde a disputa pelo consumidor está acirrada, investir na propaganda televisiva traz alcance e memória afetiva para as marcas. Seja lembrado. Conte ao seu consumidor quais são as ofertas da semana. Quais são os produtos que você vende e a diferença que sua marca pode fazer na rotina dele. Fernando Martos finaliza com uma mensagem para os anunciantes: “Somos um dos players que mais investem em pesquisa de mercado. Damos suporte para que os varejistas entendam seu público, conversem com ele. Queremos colocar nossos serviços à disposição dos supermercadistas. O Mercosuper representa o poder de união deste segmento, somado à vontade de trazer ainda mais inovação. É um evento que poucos estados do país conseguem fazer. Queremos que a TV seja mais um instrumento de crescimento e por isso estaremos na feira, recebendo a todos no nosso estande para oferecer informação relevante e parceria aos representantes do setor”.