Menu Busca

Comportamento

Mães em tempos de quarentena. Confira também INFOVÍDEO

Filhos, casa e trabalho: mães falam sobre aprendizados e desejos para este Dia das Mães.

Ser mãe é uma tarefa nobre e que exige muita dedicação. Em tempos de pandemia e quarentena, surgem ainda outros desafios: é preciso conciliar os papéis em tempo integral. Com novas rotinas e desafios, o equilíbrio é essencial para dosar o tempo entre filhos, casa e trabalho. Confira no INFOVÍDEO que preparamos sobre as MÃES do Paraná:

Conversamos com algumas mães, que contam os aprendizados dessa nova dinâmica, além de reforçarem o que elas esperaram para o Dia das Mães 2020.

Tempo de qualidade com os filhos

Maria Iraclézia de Araújo, que é empresária e produtora rural, além de presidente da Sociedade Rural de Maringá e do Maringá Convention & Visitors Bureau, também é mãe de Ettore, de 16 anos. Ela ressalta a proximidade maior que está tendo com o filho nesse momento de quarentena. Mesmo em meio a uma vida corrida,  sempre tentou manter uma rotina de convívio com ele, mas agora essa proximidade está ainda maior. “Com isso vem também nosso papel de explicar aos filhos as transformações e como isso pode impactar em nossas vidas.”

Amanda Brito com as filhas Mariana e Manuela. Foto: Divulgação

Amanda Brito, que é CEO e fundadora da Amey, tem duas filhas, Mariana (19 anos) e Manuela (10 anos),  também tem desfrutado do convívio mais próximo com as filhas nas últimas semanas. “A correria do dia a dia nos tira momentos tão importantes e ao mesmo tempo tão simples, como fazer todas as refeições juntas. Agora consigo ver que o tempo com os filhos é o mais importante.”

Ressignificando a casa

Amanda conta que o espaço da casa também ganhou um novo significado. “Sempre tive uma ótima relação com minha casa, mas nesse momento foi possível fazer coisas que antes não tinha tempo e até utilizar mais algumas áreas, como a sala de TV.”

Da mesma forma, Maria Iraclézia também teve sua relação com a casa transformada. “Foi um ponto muito positivo e transformador. Passei a ter mais contato com a organização da casa, com as compras, com a cozinha, coisas que antes não conseguia por conta da minha rotina. Tenho certeza de que isso é algo que vou ver de maneira diferente daqui para frente.”

Maria Iraclézia com o filho Ettore. Foto: Arquivo Pessoal

Aprendizados e Dias das Mães

Creuza de Fátima dos Santos, que tem 51 anos e é florista na Esalflores, conta que tem uma filha de 29 anos e uma neta de 6 anos, da qual está afastada durante o período de quarentena. Elas se encontram apenas uma vez por semana – tomando todos os cuidados de distanciamento. Para ela, a maior mudança está em relação aos cuidados necessários para manter a casa e toda a família em segurança.

“Acho que maior aprendizado é em relação a aprender a cuidar da nossa saúde e a valorizar o dia a dia.”

Creuza com a filha e com a neta: desejo para a data é que filhos posam estar com as mães. Foto: Arquivo Pessoal

Para o Dia das Mães, o desejo de Creuza é que todas as mães possam comemorar junto de seus filhos, mesmo que não fisicamente. “E que a pandemia acabe logo pra que possamos fazer um grande churrasco em família.”Para Amanda, entre os aprendizados do período de quarentena ela cita o fato de entender que é imprescindível manter o equilíbrio entre trabalho, tempo para você e tempo para os filhos. “Isso é o que fica e é o que eu espero seguir pós-quarentena.” Para o Dia das Mães, seu desejo é que muitas mães, assim como ela, possam estar mais perto dos seus filhos. “E olhar mais para dentro de cada um deles e aproveitar, sabendo que esse momento veio para ressignificar o modo como estávamos vivendo.”Estar com a família também é o desejo de Maria Iraclézia. “Família é o que nos abastece e a mãe é quem concilia, une e transforma. Meu desejo é que as mães possam ser sentir amadas, mesmo que não estejam perto de seus filhos esse ano.”

❤ Inspire-se

Quer falar com as MÃES do Paraná?
Confira o  EBOOK Mães do Paraná.

Conte com a gente para falar com elas.

Artigos relacionados

0 respostas para “Mães em tempos de quarentena. Confira também INFOVÍDEO”

Deixe uma resposta