Menu Busca

Economia e Setores

FIEP aponta 2020 como ano promissor, com retomada da economia

Sondagem industrial feita pela Fiep mostra que aumento dos investimentos e das vendas estão nos planos dos empresários paranaenses

A 24ª edição da Sondagem Industrial, realizada pela Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) revela: 2020 promete ser promissor para a indústria.

Realizada diretamente com gestores de indústrias, o resultado mostra que entre os otimistas, 70% preveem aumento das vendas de seus produtos. Já 57% esperam melhorias na conjuntura econômica e 49% apostam em abertura de novos mercados. Para o economista Evanio Felippe, os dados refletem os acontecimentos na política e economia do ano passado. Ele cita a reforma da previdência, a lei da liberdade econômica, a inflação baixa, a redução da taxa de juros e os saques dos FGTS.

“Tudo isso causou impacto positivo nas expectativas dos agentes econômicos. A atividade produtiva no Paraná tem uma conjuntura específica, diferente do restante do país. Tivemos o crescimento da produção industrial, em torno de 6,9% de janeiro até outubro de 2019, é o maior índice de crescimento do país. Isso influencia de forma positiva para 2020”, afirma.

FIEP

No histórico recente da Sondagem, 2016 foi o pior ano, com apenas 33% de empresários otimistas. No geral, a mostra coletada representa 50,8 mil estabelecimentos industriais de todos os portes (micro, pequena, média e grande) e de 37 segmentos. Juntos, eles geram 765 mil empregos no estado.

Estratégias de acordo com a FIEP

Com relação às estratégias mais relevantes para suas empresas, 52% apontaram que o desenvolvimento de novos negócios será a prioridade em 2020. Outros 42% pretendem aumentar o foco no cliente. E 39% têm planos de incorporar novos produtos ao seu portfólio. O que chama a atenção é que as principais estratégias sinalizadas pelos empresários estão voltadas para a atuação no mercado. Também há uma preocupação com questões ligadas ao ambiente interno da empresa.

Mais de 82% dos empresários pretendem realizar investimentos em 2020. O número é 20% maior que o  registrado entre as empresas que efetivamente investiram em 2019. “Isso é um fator positivo. Para se manter competitiva, a indústria precisa retomar sua capacidade de investimentos. E as prioridades em aumento de capacidade produtiva, máquinas e equipamentos e desenvolvimento de produtos confirma essa disposição do empresário”, explica Felippe.

O presidente da Fiep, Carlos Valter Martins Pedro, complementa que as mudanças na economia abriram espaço para a retomada do crescimento.  “O Brasil tem um grande mercado. E nós, da indústria, estamos sempre dispostos a explorar cada vez melhor e de forma mais efetiva esse mercado”, afirma.

Para ele, o setor no Paraná é forte, diversificado, com indústrias em todo o Estado.

 

FIEP

Artigos relacionados

0 respostas para “FIEP aponta 2020 como ano promissor, com retomada da economia”

Deixe uma resposta