Menu Busca

Economia e Setores

Mais incentivo às startups: conheça o BRDE Labs

A iniciativa conecta as cooperativas agro do Paraná com tecnologia de ponta a partir do fomento a startups brasileiras

As dez startups finalistas apresentaram seus projetos em um evento online no dia 8 de fevereiro. Foto: Foto: Rodolfo Buhrer/BRDE

 

Mais uma iniciativa tem fomentado a inovação no Paraná. É o BRDE Labs, que surgiu para conectar o agronegócio paranaense com o futuro do setor. O projeto é uma parceria do BRDE com a Hotmilk, incubadora e aceleradora de inovação da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Realizado durante um ano, entre fevereiro de 2020 e 2021, o programa contou com mentorias, workshops, realização de Provas de Conceito (POCs), além da possibilidade de fazer negócios com as empresas parceiras e de ter acesso a fundos de investimento do BRDE. Ao todo, foram 338 empresas inscritas de todo o Brasil, que se dividiram em duas etapas, de acordo com o nível de maturidade da organização. No Product Lab, o foco foi em startups em estágio inicial. Na Business Lab, em startups mais maduras, visando crescimento das vendas, modelagem financeira e estruturação da empresa.

 

“Sentimos que faltava preencher uma lacuna, que era apoiar o ecossistema em tudo relacionado à inovação aberta. Por isso, surgiu o programa: ele tem o objetivo de construir estratégias para aproximarmos o sistema de inovação e inserir as startups, fazendo essa conexão com as empresas”, afirmou Lisiane Maldaner Astarita de Limas, gerente de planejamento e novos negócios do BRDE.

 

 

 

Nova edição em 2021

A última fase do programa foi concluída nesta segunda-feira (08), com a apresentação dos 10 projetos finalistas da etapa Business. Mas o projeto não pára. De acordo com Lisiane Limas, as equipes já estão projetando a próxima edição, que deve acontecer em março deste ano. “O desafio que temos na sequência é conectar mais atores locais, como institutos de tecnologia do estado. O próximo programa terá essa missão: conectar esses ecossistemas com as empresas e startups. O banco exerce o papel de indutor dessa conexão”, afirma.

Para saber todas as informações sobre a nova edição, fique de olho no site oficial: www.brdelabs.com.br.

 

Incentivo local

No Paraná, outra iniciativa de fomento à inovação que se destaca é o Rocket, o reality show de inovação e empreendedorismo da RPC. Em 2020, o Rocket reuniu 36 startups paranaenses em torno de seis órbitas: Agro, Negócios, Sociedade, Cidades Inteligentes, Varejo e Estilo de Vida. As empresas participaram de talks, dinâmicas, meetups e uma série de desafios que elegeram, em dezembro, a startup campeã. Desta vez foi a VirtualClin. empresa que conecta pessoas a serviços médicos com preços acessíveis. 

Entrando em seu quarto ano, a VirtualClin agora ganha novo fôlego. Até então, a equipe passou os últimos anos entendendo o mercado, os parceiros e as dores na jornada do acesso à saúde: um tempo mais de aprendizados do que faturamentos. Depois do Rocket, o jogo mudou. É hora de fazer o negócio crescer e se tornar escalonável, comenta Rafael Setti Nogueira, CEO da startup.

 

“O Rocket nos ajudou muito nessa parte. Nos trouxe visibilidade e, principalmente, credibilidade. Abriu as portas que com certeza seriam as mais difíceis de a gente abrir sem a exposição que o programa nos deu. No Rocket, conversamos com pessoas muito interessantes, dentro e fora do país”, disse Rafael Setti Nogueira, CEO da VirtualClin.

 

 

Reveja a grande final do Rocket 2020
https://gshow.globo.com/RPC/realities/rocket-startup/noticia/assista-a-grande-final-do-rocket-2020-na-integra.ghtml

*****Uma nova edição do Rocket já está sendo planejada para 2021. Mais detalhes em primeira mão você acompanha aqui no blog De Olho na RPC!  Saiba mais sobre o Rocket:

Começa o Rocket 2020: o maior reality de inovação do estado

Leia mais:

>> >16 startups do Paraná para ficar de olho em 2021

>>> Como responder rapidamente às demandas do mercado?

Quer sugerir uma pauta para a gente? Entre em contato 🙂

Artigos relacionados

0 respostas para “Mais incentivo às startups: conheça o BRDE Labs”

Deixe uma resposta