Menu Busca

Economia e Setores

Reformas e construções em Guarapuava favorecem o comércio de produtos do setor

Comercialização de produtos para construção e reformas aumentaram 25% no segundo semestre de 2020; cidades do interior têm alta de vendas

Uma tendência iniciada em 2020, quando os paranaenses passaram a ficar mais tempo em casa, deve permanecer neste ano: as reformas e construção de imóveis, que fortalecem o comércio de produtos do setor. Em Guarapuava, o movimento é forte e fica claro na maior parte das ruas da cidade.

De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), organizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o crescimento da venda de materiais de construção chegou a um aumento de até 25% no segundo semestre de 2020, em comparação com o ano anterior.

O crescimento maior foi na região Sul, com o Paraná chegando a emplacar quatro meses consecutivos de alta de junho a setembro. Em 2021, segundo a Sondagem da Indústria da Construção, o cenário segue positivo: a construção civil prevê um crescimento de 4% em relação ao ano anterior, mantendo a variação positiva no segmento.

 

Mais tempo em casa foi um dos grandes motivadores do “boom” de reformas.

 

Vendas intensas na construção civil refletem no cenário positivo

Construtoras com imóveis no interior do Paraná não têm do que reclamar. A Prestes Construtora, por exemplo, chegou a R$ 90 milhões em vendas só no último trimestre do ano passado, conforme levantamento divulgado, totalizando 584 imóveis em Guarapuava, Ponta Grossa, Apucarana, Tibagi, Castro e Londrina.

Muito além do fato de ficarem mais em casa, as pessoas estão pensando no conforto do lar. Por isso, as reformas e aquisição de novos imóveis devem permanecer ainda por um bom tempo como uma tendência positiva para a economia. Aliado a isso, está uma redução da taxa de juros e novas modalidades de financiamento com bancos.

De acordo com uma pesquisa recente da Datastore Mercadometria e Pesquisa de Mercado, mais de 11 milhões de famílias manifestaram intenção de adquirir um imóvel nos próximos 24 meses.

 

Comerciante de loja concilia mais vendas com baixa em estoque

Sim, as vendas melhoraram, ressalta o sócio da Comtudo Materiais de Construção e membro da Acig (Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava), Luciano Chiott. Porém, a pandemia também trouxe desafios nesse sentido: estoques limitados, que levam muitas vezes à falta de mercadorias. Por isso, a dica é ficar de olho sempre no que pode vir a faltar.

“Tivemos um aumento de vendas em torno de 3%, mas as indústrias que se prejudicaram com a pandemia nos levaram a falta de mercadoria. As vendas poderiam ser bem maiores”, comenta. Chiott. “Para este ano, prevemos um crescimento de até 5% na comercialização de produtos de construção”.

 

Loja da Comtudo, em Guarapuava; baixa nos estoques foi desafio para lidar com alta de vendas no período.

 

Promoções em porcelanato e alta de pisos e revestimentos

A Comtudo precisou se adaptar ao cenário de “abre e fecha” por conta da quarentena. Acostumada a grandes promoções, a loja não pôde repetir a estratégia de anos anteriores, mas segue sempre distribuindo descontos em porcelanatos e revestimentos para seus clientes.

 

Pisos e revestimentos são os produtos que tiveram maior alta de vendas na Comtudo.

 

“Nossos carros-chefes atualmente têm sido pisos e revestimentos”, detalha Chiott. “Com Guarapuava em pleno crescimento, vemos grandes condomínios e bairros novos. Isso ajudam muito no desenvolvimento da cidade”.

 

“Nossos carros-chefes atualmente têm sido pisos e revestimentos. Com Guarapuava em pleno crescimento, vemos grandes condomínios e bairros novos. Isso ajudam muito no desenvolvimento da cidade” – Luciano Chiott, sócio da Comtudo Materiais de Construção.

 

Mais possibilidades de parcelamento

Especializada em “tudo para obra”, a Comtudo oferece materiais de construção dos mais básicos aos de mais alta qualidade. Além de materiais brutos, a loja também conta com uma área exclusiva de iluminação.

 

Loja oferece mais possibilidades de parcelamento e tem showroom online.

 

No site oficial, é possível conferir todo o portfólio de produtos da loja, que tem como parceira marcas como Embramaco Porcelanato, Porcebras e Incepa, entre outras. “Desde o começo da pandemia, oferecemos mais possibilidades de parcelamento”, reforça Chiott.

 

Quer saber de tudo o que acontece no mundo dos negócios no Paraná? Assine nossa newsletter! 

 

Leia mais:

 

Dia Mundial da Saúde: após um ano de pandemia, médicos falam sobre mudanças e tendências que vieram para ficar

 

Artigos relacionados

0 respostas para “Reformas e construções em Guarapuava favorecem o comércio de produtos do setor”

Deixe uma resposta