Menu Busca

Economia e Setores

Dia Nacional da Farmácia: paranaenses ampliam vendas online e projetam alta no 2º semestre

Compras online e delivery mantiveram lojas em Cascavel, Clevelândia, Guarapuava, Maripá, Palotina e Toledo com bons números e perspectivas de ampliar redes

Nos últimos 18 meses, as farmácias viram uma aceleração sem precedentes nas vendas eletrônicas. O processo de digitalização já era uma realidade em crescimento e o distanciamento social, causado pela pandemia, provocou recordes de tráfego e vendas no Brasil. As vendas eletrônicas no segmento cresceram 85,7% entre o ano passado e 2021, apontou uma pesquisa da Agência Conversion no relatório “E-commerce no Brasil”.

As farmácias paranaenses têm muito a comemorar neste 5 de agosto, Dia Nacional da Farmácia, pois também seguiram essa tendência. O setor de Farmácia e Saúde não apenas cresceu, mas foi o que teve mais acessos no período, com 541,45 milhões de visitantes nos sites do segmento.

Delivery cresceu 25% nas Farmácias Trajano em 2021

O sistema de entregas das Farmácias Trajano foi ampliado, com mais pontos de entregas, principalmente nos bairros Santa Cruz e Bonsucesso, além do fortalecimento do já existente na loja Matriz 24 Horas.

Hoje, as Farmácias Trajano contam com uma loja online, que atende nas modalidades “compre e retire na loja” e “compre e receba em casa”, para Guarapuava, com a oferta de parcelamento em até 6x sem juros com parcela mínima de R$ 40.

Em relação ao período antes da pandemia, o delivery teve um salto e chegou a aumentar mais de 100% no períodos de pico de reclusão.

“Percebemos um crescimento de 25%, de 2020 para 2021, em relação ao primeiro semestre”, afirma Rafaela Lacerda Silva da Costa, assessora de Marketing da Rede de Farmácias Trajano. “Sentimos que essa modalidade de compras vai se manter em alta em virtude da comodidade e segurança que essa venda propõe”.

Esse tipo de ação, explica Rafaela, veio em um momento de faturamento heterogêneo nas lojas da rede: de um lado, lojas que aumentaram seu faturamento porque até mesmo ampliamos alguns de seus serviços; de outro, algumas localizadas em áreas mais centrais, tiveram queda expressiva ou mesmo uma unidade no shopping, que ficou fechado por um grande período de tempo.

“Esse crescimento desigual entre lojas nos trouxe, também, o desafio de adequação de mix mês a mês. Não só as necessidades e comportamento do consumidor mudaram, mas também o bolso do nosso cliente”, diz Rafaela.

 

Aplicativos como aliados nas vendas

Utilizar o celular para fazer compras é um hábito cada vez mais comum entre brasileiros. Segundo o Farmácias APP, aplicativo de venda online de saúde e beleza, os dispositivos móveis têm sido um importante aliado para comprar também itens de farmácia, representando 70,1% da receita online.

 

“Um dos cases que tivemos nesse período foi a abertura de dois pontos em Guarapuava para atendimento em drive-thru programado: o cliente faz o pedido pelo WhatsApp e passa na farmácia retirar, ou pode receber dentro do carro mesmo” – Rafaela Lacerda Silva da Costa, assessora de Marketing da Rede de Farmácias Trajano, presente em Guarapuava e mais três cidades do Paraná.

 

 

 

Farmácias Estrela inauguraram novas unidades 

Para Eduardo Bittencourt, gerente de marketing das Farmácias Estrela, a pandemia impôs desafios e restrições que exigiram reavaliações de estratégias comerciais. Dessa forma, a rede – que conta com 19 unidades e mais de 500 funcionários – criou um grupo de contingência para conscientização da Covid-19.

 

“Dessa forma, foram colocadas em práticas ações informativas e preventivas nas redes sociais, além de reforço e treinamento dos colaboradores. Durante 2020 e 2021, a rede também inaugurou mais lojas ampliando sua presença em Cascavel” – Eduardo Bittencourt, gerente de marketing das Farmácias Estrela.

 

 

 

Uma das estratégias destacadas por Bittencourt é o Feirão Clube Maternidade: um clube de benefícios que proporciona aos clientes, todos os meses, ofertas para produtos da linha infantil e maternidade.

 

 

Farmácia 3000 aumentou faturamento em cinco cidades com exposição em TV

Presente em Clevelândia, Guarapuava, Maripá, Palotina e Toledo com 20 unidades próprias (e mais 420 em regime de associativismo), a Farmácia 3000 criou estratégias certeiras para manter as vendas. Durante a pandemia, o faturamento das lojas nesses municípios aumentou com o uso de materiais, insumos e prevenção o coronavírus.

“Ampliação do serviço de delivery e exposição da marca nessas cidades, contratando mais mão de obra e qualificando melhor o atendimento”, conta Davi César Hotz, supervisor da rede de farmácias do Grupo Santo Antônio. “A implantação da mídia, principalmente por meio da TV, trouxe resultados significativos em curto espaço de tempo”.

 

 

2º semestre de otimismo com o avanço da vacinação

O otimismo com o 2º semestre dá o tom no planejamento estratégico da Farmácia 3000. Com mercado farmacêutico aquecido, Hotz espera que a retomada da economia seja ainda mais benéfica para o setor.

 

“A onda de otimismo gerada pelo significativo aumento do PIB traz boas perspectivas, não só para o segmento como para todos os outros, com o comércio e indústria voltando ao novo normal” – Davi César Hotz, supervisor da rede de farmácias do Grupo Santo Antônio.

 

 

 

 

 

Rafaela conta que, para o 2º semestre deste ano, as Farmácias Trajano esperam um momento tão desafiador quanto o dos últimos meses, mas um “efeito rebote” nos lockdowns: maior segurança do consumidor em adquirir itens na cesta de compras e, também, mais atenção com a própria saúde.

“Existe a expectativa de que o consumidor acompanhe mais a sua saúde, visite mais o seu médico e esteja mais atento com exames periódicos adquirindo, assim, mais produtos voltados a essas necessidades”, conta.

Paralelamente a isso, a Trajano seguirá um planejamento estratégico com aberturas de mais duas unidades, em outras cidades no Paraná, até dezembro.

Tem um case de sucesso no comércio paranaense e quer ver ele aqui? Converse com a gente!

Artigos relacionados

0 respostas para “Dia Nacional da Farmácia: paranaenses ampliam vendas online e projetam alta no 2º semestre”

Deixe uma resposta