Menu Busca

Economia e Setores

Entre os maiores do Brasil, polo têxtil no Noroeste do Paraná se reinventa e cresce

Nosso especial sobre as oportunidades do Noroeste do Paraná termina hoje. Falamos sobre um dos setores que se destacam na economia regional: a indústria têxtil, muito bem representada pelo Paraná Moda Park. O mercado local acompanhou a reestruturação do empreendimento que, desde outubro passado, comemora ótima fase. Vem saber mais nesta entrevista com o coordenador de marketing, Leandro Cintra.

Tradicionalmente, muitos lojistas e consumidores do Paraná e de outras regiões do Brasil viajam ao Noroeste do Estado para conferir as principais tendências em vestuário. Conhecida como a “capital da moda”, Cianorte une-se a Maringá para formar um dos maiores polos têxteis do país.

Alguns fatores contribuíram para que o setor finalmente encontrasse espaço para crescer e se reinventar: a leve retomada da economia interna, redução na importação de produtos chineses e a reposição de estoques no varejo numa época de menor demanda (janeiro a março).  Tudo isso fez com que o Noroeste registrasse bons índices na criação de empregos no primeiro bimestre de 2017: foram criadas 2.750 vagas para a indústria têxtil no Brasil, sendo o Paraná responsável por 1.854 delas. Deste montante no Estado, Londrina, Cianorte e Maringá representam quase 30% das oportunidades – dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Um grande salto para os municípios, com geração de renda ligada às confecções.

Paraná Moda Park: a força da moda que vem do Noroeste

Com unidades em Cianorte e Maringá, o Paraná Moda Park tal qual o mercado o conhece é fruto de um projeto recente: estreou as novas operações em outubro do ano passado. Da fundação – em meados de 2013 – até hoje, o modelo de negócios do shopping atacadista passou por mudanças que resultaram na atual gestão, agora diretamente pautada nas reais necessidades e características do cenário em que atuam. “Formamos uma equipe de cooperadores em sintonia com as expectativas e, felizmente, os resultados têm sido muito satisfatórios”, explica o coordenador de marketing, Leandro Cintra.

De olho nos sinais do mercado

Para Cintra, sempre haverá espaço para as empresas que buscam evoluir, seja qual for a realidade econômica. “Ao contrário do que muitos pensam, é exatamente nos momentos difíceis que surgem as melhores ideias”, afirma. De acordo com ele, trata-se de sobrevivência. “Para encontrar soluções, é preciso conhecer bem o mercado e estar atento aos sinais”, completa.

Com o mote “Um Passo Além da Moda”, a empresa tem investido no fomento e profissionalização das atividades. Além do nível de qualidade dos produtos – em sua maioria de grandes marcas -, a infraestrutura e boa recepção aos compradores e varejistas são  prioridade: amplo estacionamento, centro de eventos, hotéis e restaurantes são algumas das comodidades disponíveis. “Existem duas palavras que resumem nossa postura: profissionalismo e diferencial. Respeitamos os concorrentes, mas nosso foco constante está nas ações inovadoras para sermos uma referência no setor. Contamos com equipes treinadas que tornam a experiência de compra no Paraná Moda Park a mais agradável possível. Aqui o cliente é soberano”, diz.

Empreendimento têxtil bateu recorde de faturamento em julho

Segundo Leandro Cintra, desde o início das novas operações os números vêm crescendo a cada lançamento de coleção, em todas as estações. “No último evento, direcionado à primavera-verão, batemos todos os recordes”, comemora o coordenador, referindo-se a índices de faturamento, número de clientes e quantidade de excursões recebidas.

Outro índice importante envolve a total ocupação das lojas, hoje 100% locadas. “Dificilmente encontramos shoppings ou empreendimentos comerciais com seus espaços totalmente ocupados. Isso é motivo de grande orgulho para nós”, cita.

Comunicar é desafiador

Quando o assunto é comunicar, Leandro Cintra conta que trabalha de maneira simultânea em duas frentes, direcionada a públicos-alvo distintos. “Logicamente, o institucional é uma ferramenta importante para demonstrar nossas crenças, gestão e resultados”, e afirma Cintra. E completa: “a ideia é colocar um tijolinho por dia na construção da marca Paraná Moda Park”.

Sobre a abordagem comercial, Cintra revela que utiliza a comunicação 360º. “O desafio é informar e obter resultados de cada um dos públicos que nos relacionamos: clientes, guias (agentes de moda), lojistas e até cooperadores do próprio empreendimento”, finaliza.

Confira o VT de lançamento do Paraná Moda Park!

Acompanhe aqui os outros conteúdos publicados sobre no nosso especial Noroeste:

Vamos juntos fortalecer todo o nosso Estado? #DeOlhoNoMercadoRPC

Artigos relacionados

0 respostas para “Entre os maiores do Brasil, polo têxtil no Noroeste do Paraná se reinventa e cresce”

Deixe uma resposta