Menu Busca

Economia e Setores

Inspiração e inovação: Prati-Donaduzzi

Conheça a empresa paranaense que hoje é destaque nacional

Inspiração e inovação. Essas palavras podem definir a Prati-Donaduzzi, fundada em 1993 e hoje uma das maiores indústrias farmacêuticas do Brasil. É, também, a maior fabricante de doses de genéricos no país, tem 4300 colaboradores diretos e capacidade para produzir 12 bilhões de doses ao ano.  Localizada em Toledo, no oeste do Paraná, a empresa se orgulha de ter crescido junto com o estado.

“Em meados de 1993, os fundadores da Prati, os farmacêuticos Dr. Luiz e Dra. Carmen Donaduzzi vieram conhecer o Oeste do Paraná e perceberam que toda a região era muito próspera. Na época, com o apoio da prefeitura e do Governo do Estado através do Programa Bom Emprego, eles decidiram instalar a indústria por aqui”, conta Eder Maffissoni, diretor-presidente da Prati-Donaduzzi.

 

 

 

Desse tempo para cá, a empresa não parou de crescer. Chegou a quase todas as unidades básicas de saúde do país e está presente em mais de 53 mil farmácias de norte a sul. Apesar de jovem, quando comparada a outras empresas do setor, a Prati investiu pesado. Isso vale para desenvolvimento de pessoas, Pesquisa, Inovação, e foco total na qualidade em todos os processos. “Procuramos manter nossos trabalhadores na linha de frente. Sabemos que sem eles não teríamos conseguido alçar nossos objetivos. Ou seja, para nós, as pessoas são essenciais para os nossos negócios. Além disso, destaco nossa atuação pautada na ética, transparência, respeito e honestidade”, completa o diretor.

Inovação e Pesquisa

Embora seja especializada na produção de genéricos, a Prati já colocou no mercado produtos com depósito de patente. O primeiro lançamento veio em 2017. É o Sensilatte – um comprimido de enzima lactase – responsável pela quebra da lactose no organismo. Hoje ele é exportado também para os Estados Unidos.

A previsão agora é aumentar o portfólio de medicamentos em mais de 200 apresentações nos próximos três anos. Boa parte será destinada ao tratamento de áreas do sistema nervoso central e cardiovascular, além do aparelho digestivo metabólico.

O mais esperado e o mais inovador é o Myalo, uma solução à base de canabidiol (CBD). Capaz de controlar crises de epilepsia refratária, ele  está previsto para entrar no mercado em 2020. O Myalo poderá ajudar a melhorar a qualidade de vida de quase 700 mil pessoas que sofrem da doença no país.

“Devido a complexidade e alto custo de purificação do extrato vegetal, nossos pesquisadores já desenvolveram o canabidiol sintético (obtenção da molécula por meio de sínteses químicas de substâncias comuns, eliminando a necessidade de plantio). Assim conseguiremos contornar o elevado custo de importação do extrato purificado da planta e garantir a disponibilidade do insumo”, completa Maffissoni.

Comunicação

A evolução da Prati e as mudanças tecnológicas também demandaram mudanças na comunicação. De 2017 a 2019, a empresa foi patrocinadora da equipe R Mattheis na Stock Car. Para a empresa, a categoria funcionou como uma excelente plataforma para relacionamento, presença de marca e retorno de mídia. Foram sete temporadas na categoria, com números dignos do protagonismo que alcançou na Stock Car: 116 corridas, 22 pódios, três pole positions e quatro vitórias.

Hoje a Prati passa por um novo planejamento de marketing, que deve ser divulgado em breve.  As novidades podem ser acompanhadas pelas redes sociais Facebook, Instagram e Linkedin. “Nosso site é outro grande aliado na informação para a imprensa, fornecedores, clientes e colaboradores”, completa Mafissoni.  

Sobre a Prati-Donaduzzi

Com 67 mil m² de área construída, dividida entre áreas administrativas, pesquisa e desenvolvimento, a área produtiva da Prati-Donaduzzi conta com três plantas responsáveis por produzir xaropes, cápsulas, comprimidos, pomadas e cremes. Entre eles, alguns medicamentos bem conhecidos e essenciais para garantir qualidade de vida aos brasileiros como: Ibuprofeno (anti-inflamatório), Losartana (pressão arterial) e Metformina (diabetes).

Diferente de outras grandes empresas, na Prati-Donaduzzi quase não terceiriza serviços e mais de 60% do quadro de colaboradores é formado por mulheres. A empresa tem, ainda, um laboratório responsável pelas pesquisas e desenvolvimento, uma gráfica que produz as embalagens, frascos, bulas etc. e sua própria transportadora. São mais de 40 caminhões que levam os produtos de Toledo para todo o Brasil. 

Com os olhos voltados para o futuro, a Prati tem vários planos. “Queremos aumentar o complexo industrial e, como consequência, gerar mais emprego e desenvolvimento para a região”, conta Mafissoni.  Ainda estão previstos a modernização das unidades fabris, aquisição de novos equipamentos, ampliação da linha de produtos, a construção de uma nova fábrica e investimentos pesados em pesquisa e desenvolvimento com foco em inovação.

Artigos relacionados

0 respostas para “Inspiração e inovação: Prati-Donaduzzi”

Deixe uma resposta