Menu Busca

Economia e Setores

Magazine Luiza investe em marketing como estratégia para crescer

Com governança consolidada e resultados animadores, o Magazine Luiza é um case de sucesso do varejo brasileiro. Conheça mais

Com governança consolidada e resultados animadores, o Magazine Luiza é um case de sucesso do varejo brasileiro. A rede tem presença em 17 estados brasileiros, mil lojas, cerca de 18 milhões de clientes ativos e mais de 25 mil colaboradores. Para alcançar e manter esse patamar, a empresa investe pesado em marketing e e-commerce. Isso sem deixar de se dedicar as lojas físicas.

A companhia, que começou a operar em Franca (SP) em 1957, hoje é comandada por Frederico Trajano, sobrinho-neto da fundadora que dá nome à rede. Desde janeiro de 2016, quando o CEO assumiu, a empresa passou por uma transformação digital. A ideia é se tornar uma plataforma de vendas pela internet com pontos físicos pelas cidades.

 “Com a entrada do Frederico Trajano na presidência, ideias inovadoras e foco em tecnologia passaram a ser premissas de uma nova Magazine Luiza”. Edilson Buda, executivo de negócios da Globo.

Ao contrário das demais redes que estão fechando lojas e concentrando esforços no comércio eletrônico, a Magazine Luiza avança na frente digital e presencial. Tanto que, desde agosto até o fim do ano, vai inaugurar mais de 200 lojas. Elas estarão no Centro-Oeste, Mato Grosso e, principalmente, Pará. Também fechou acordo para operar os espaços de vendas de eletroeletrônicos de duas lojas Carrefour e comprou recentemente a Netshoes.

“Nossa maior missão é materializar nosso posicionamento de marca e construir a imagem de plataforma digital, com pontos físicos e calor humano.  Buscamos garantir a unidade e a sinergia entre todos os pontos de contato com o consumidor”.  Ana Paula Rodrigues, diretora de marketing da companhia em comunicado.

Marketing como estratégia de crescimento

Apesar da personagem virtual Lu ser uma das suas maiores ferramentas de divulgação, o Magazine Luiza procura diversificar as ferramentas de marketing. Uma das apostas é a televisão. Isso se traduz em campanhas como “Tem no Magalu”, divulgada por estrelas como Luciano Huck e Faustão.

O executivo da Globo cita alguns projetos feitos para a companhia que ajudaram a alcançar os atuais resultados positivos.“De uma demanda da Magazine Luiza criamos, a quatro mãos, o projeto Missão Digital no É de Casa em 2016. Ele foi renovado em 2017 com a inclusão da Globosat e enorme sucesso. O formato incluia as pessoas no mundo digital para ajudá-las nas suas vidas no cotidiano”. Outra ação acordada com a marca foi o fechamento de dois quadros no Domingão do Faustão. Os escolhidos foram Show dos Famosos no primeiro semestre, e Dança dos Famosos no segundo. Assim, o programa foi bloqueado o ano inteiro.

“Eles já estão com estes formatos há três anos e também muito felizes com os resultados. Além disso, fechamos o The Wall no Luciano Huck e bloqueamos o programa para a venda do aplicativo Magalu”, acrescenta Buda. Ele destaca o bom momento da relação. “Seguimos buscando cada vez mais oportunidades criativas e integradas com outras plataformas do Grupo Globo”, encerra.

Campanhas Magazine Luiza

Ainda com o plano de “digitalizar o Brasil”, a Magazine Luiza realizou uma campanha bem-sucedida para estimular as pessoas a trocarem de televisor. Em tom de brincadeira, a empresa incentivou que os consumidores levassem às lojas suas TVs para abater parte do pagamento na compra do aparelho novo. O resultado foi a venda de mais de um milhão de novas telas.

Neste ano, a companhia repete a estratégia e sugere a troca do telefone celular por um mais moderno. Para a Magazine Luiza, isso também ajuda a estimular as pessoas a baixarem o seu aplicativo de compras. Hoje são 33 milhões de downloads nas lojas virtuais do Google e Apple.

 Conheça mais sobre o Magazine Luiza

Você também pode gostar de

Black Friday 2019: aumente suas vendas!

 

 

Artigos relacionados

0 respostas para “Magazine Luiza investe em marketing como estratégia para crescer”

Deixe uma resposta