Menu Busca

Conteúdo

5 pilares para um bom BRANDED CONTENT

Atrair os consumidores contando boas histórias não é mais novidade. Mas o desafio continua.

Definir como será o nosso próprio dia já é complicado. Você até se programa, mas imprevistos acontecem e lá vai você correndo se ajustar para fazer a mágica de caber tudo nas tão valiosas 24 horas. Agora, tente prever isso em um universo de centenas, milhares de pessoas que vivem contextos, motivações e hábitos diferentes. E que recebem milhares de informações entre o tempo que acorda e volta a dormir. Pronto, o desafio está lançado!

Nesse agito, não é on nem off. O consumo dos meios é por conveniência. Utiliza-se aquele disponível e que atende a necessidade naquele momento. Então, estar disponível para o consumidor em diversas plataformas é básico para aumentar os pontos de contato da marca e as possibilidades de alcance. Mas, é o suficiente? Nem tanto. A conexão não deve ser só tecnológica, mas também humana. Ouvi a psicóloga Dra. Mel Weinberg, durante o SXSW deste ano, dizer que “o ser humano é previsivelmente irracional. Nós nos lembramos das coisas porque elas ressoam conosco pessoalmente”. Então, neste caso o fim justifica os “meios” e adequar a mesma mensagem a cada um deles, pensando em como as pessoas vão recebe-la e absorve-la, nos dá mais um desafio.

Segundo a pesquisa Kantar Dimension 2019, 44% dos consumidores conectados dizem que suas opiniões sobre as marcas são influenciadas pelo que leem sobre elas em conteúdo na internet. As marcas são prestadoras de serviços, não importa em que setor elas estejam. Não basta mais apenas vender um parafuso. É necessário explicar em quais situações ele é melhor empregado, quais as diferentes formas de utilizá-lo, quais as superfícies mais aderentes para este tipo de produto. Encontrar os assuntos periféricos, que permeiam e se relacionam com o seu negócio e que acrescentam algo à vida das pessoas é o que vai tornar a sua mensagem relevante o suficiente para o consumidor dedicar seu rico tempo com você.

Quando o público está sobrecarregado, as marcas precisam adotar uma nova abordagem em suas comunicações, ajudando as pessoas a navegar pelo mar de informações em vez de aumentar o ruído. É então quando o branded content entra em ação.

Saber contar uma boa história pode tornar o papo ainda melhor. Eu apoio esta arte em cinco pilares:

1) Conexão: Esteja quando, como e onde o seu consumidor está. O match só ocorrerá se a sua mensagem estiver disponível, falando a língua do seu público e nas plataformas acessíveis.

2) Simplicidade: A mente do consumidor anda ocupada, bombardeada e fatigada. A sua marca vai se encontrar com um mar de pessoas cada vez menos envolvidas emocionalmente, mais distraídas,. Isso resulta em um recall de marca muito menor. Portanto, seja simples! Quanto menos carga cognitiva, melhor será a compreensão da sua mensagem.

3) Empatia: Vá além dos dados demográficos e quantitativos. Vivencie a jornada do seu consumidor para descobrir suas motivações, as lacunas que você pode preencher.

4) Relevância: O ser humano valoriza o que o toca profundamente. Uma mensagem que agregue à sua vida pode ajudar a sua marca realmente ocupar um lugar na sua mente. Descubra o que realmente importa na ordem do seu dia e como você pode acrescentar em sua vida.

5) Prática: Experimente, arrisque, tente. Quanto mais testar formatos, abordagens e canais, aumentará a chance de encontrar o seu caminho até a mente do seu consumidor. E, muitas vezes, não é necessário tentar inventar algo extraordinário. Acredite, em um universo tão complexo e com tantos ruídos, o óbvio pode surpreender o seu público.

Por Camila Maquea Leite,  Coordenadora de Estratégias de Mercado / Negócios Digitais, Inteligência de Mercado e Performance na RPC

Você pode se interessar por:

Jornada do Consumidor: como funciona?

Leia mais em

SXSW 2019 na Redhook

Acompanhe a home da RPC e nossas redes sociais: Fan pageTwitter Instagram.

Quer estar por dentro das nossa programação? Baixe o aplicativo da RPC

Artigos relacionados

0 respostas para “5 pilares para um bom BRANDED CONTENT”

Deixe uma resposta