Menu Busca

Economia e Setores

Projeto verão: vamos juntos começar a pensar nos negócios?

Embalados pela proximidade do verão, é nesta época do ano que muitos paranaenses saem em busca de mais saúde, qualidade de vida e boa forma física. O "Projeto Verão" é uma oportunidade para fazer as pazes com o espelho e também para movimentar diversos setores da economia. De olho nisso, preparamos um e-book com informações e dados dos segmentos de alimentação, academia e estética. Vamos juntos!

Os últimos meses do ano são marcados pela “corrida contra o tempo”. A busca pela beleza e pelo bem-estar leva boa parte dos paranaenses a procurar serviços relacionados à saúde e qualidade de vida. Além disso, os dias mais quentes e a chegada do horário de verão – que este ano começa dia 15 de outubro – estimulam a população a buscar atividades ao ar livre, seja para aproveitar os minutinhos a mais ou para esticar o corpo.

Segundo levantamento feito pela Kantar IBOPE Media, os curitibanos fazem parte deste grupo. Para 64% dos entrevistados na pesquisa, é importante manter a forma física. Atividade física regular também faz parte da rotina: 11% da população frequentou academia nos últimos 30 dias.

A estação dos dias quentes e longos traz oportunidades para negócios de diversos setores. Este é o tema do e-book que preparamos para você.  Com a colaboração de empresários do nosso estado, fomos entender a sazonalidade dos segmentos de alimentação saudável, academia e estética.

Nossos entrevistados

 

Almiro Neto

Sócio-proprietário do restaurante Veg e Lev. Foi um dos primeiros estabelecimentos de Curitiba a oferecer refeições leves, veganas e vegetarianas. A premissa do negócio é levar este tipo de alimentação aos curitibanos valorizando comida bonita e bem feita. Os insumos são, em sua maioria, adquiridos de produtores paranaenses.

 

Anderson Lorenzatto

Diretor da Corpus Academia, que fundou há 21 anos. Hoje com duas unidades em Curitiba, a Corpus trabalha com equipamentos de alta tecnologia e atendimento individualizado. No conteúdo “Academias: longevidade para o consumidor e para os negócios”, Anderson conta mais sobre a cultura de uma empresa que se consolidou em mais de duas décadas no mercado.

 

Lucilene Silva

Proprietária da Academia Athletica para mulheres em Foz do Iguaçu. Lucilene encontrou um nicho de mercado no setor e abriu uma unidade focada no público feminino. Entre os principais diferenciais, a ausência de atividades em circuito – que são tradicionais nesse tipo de negócio.

 

Ana Paula de Freitas Ferro

Proprietária da rede de clínicas de estética Emporium da Beleza. Com equipamentos próprios e serviços que são tendência na área de beleza e bem-estar, o Emporium da Beleza tem seis unidades na capital do nosso estado.

 

Você confere o material completo no nosso e-book. Trazemos também dados sobre comportamento, consumo e hábitos relacionados ao Projeto Verão. Clique na imagem e baixe!

Vamos juntos fazer um projeto verão cheio de oportunidades? #DeOlhoNoMercadoRPC

 

Fontes: Kantar IBOPE Media – Target Group Index – Curitiba – Banco: BR TG 2017 I (2016 1s + 2s) – Filtro: Academias – Aplicado desconto médio por meio – Kantar IBOPE Media – TGIndex – Curitiba – Banco: BR TG 2017 II – Universo: 2.692.000 – Filtro: Curitiba.

 

 

Artigos relacionados

0 respostas para “Projeto verão: vamos juntos começar a pensar nos negócios?”

Deixe uma resposta