Menu Busca

Economia e Setores

Por que a análise de dados é tão importante na tomada de decisão?

Uso de dados e informações inteligentes ajuda a direcionar ações com mais assertividade além de antecipar desafios

dados_decisao_RPC_deolho_11
Caroline Maestri e Natália Costa, analistas de marketing da RPC Curitiba, compartilhando análises antes da pandemia.  -> “Acreditamos que análises embasadas ajudam a planejar ações de empresas, agências e instituições de ensino” diz Caroline Maestri.

Na hora de defender uma ideia ou planejar uma estratégia, uma ferramenta pode ser crucial para o sucesso: o uso de dados para embasar e direcionar a tomada de decisões. Empresas e institutos de pesquisas trabalham coletando dados e informações relevantes e segmentadas para possibilitar uma maior assertividade de ações e projetos em diversas áreas de negócio.

Seja na hora de abrir uma nova empresa, investir em um produto inovador ou conhecer melhor o seu público, fazer uso inteligente das informações possibilita prever desafios e oportunidades, além de garantir uma enorme vantagem competitiva. Afinal, ter em mãos as informações certas com antecipação permite que uma empresa possa sair na frente de seus concorrentes.

Com os dados em mãos, é preciso transformá-los em informações relevantes. Isso é feito por meio da análise e adequação à cada realidade por meio de tecnologias da informação. O papel dos gestores e líderes, com o uso de seu potencial analítico, também é fundamental, já que são eles que irão fazer a análise de insights para criar ações e estratégias direcionadas.

Cristiano Nichele, diretor comercial da Nichele, recorre à análise de dados sempre que precisa planejar a abertura de uma nova unidade da rede de materiais de construção.

“Já pedi estudos de viabilidade algumas vezes, o que nos permitiu receber as informações ‘mastigadas’ sobre potencial de consumo, idade e população de determinado bairro ou cidade, o que pra nós foi decisivo.”

Ele cita o exemplo de três lojas: Santa Felicidade, Campo Largo e Araucária, as quais foram abertas apenas depois da avaliação e ponderação das informações recebidas por pesquisas encomendadas. “O uso dos dados nesses casos foi muito importante, pois nos possibilitou uma decisão mais assertiva e a garantia do sucesso das  três lojas, que hoje estão em funcionamento.”

Uso de dados na administração pública

Na Prefeitura de Curitiba, o uso inteligente de dados  serve como base para decisões de todas as secretarias. Isso porque a Central 156, que recebe reclamações e sugestões dos moradores da cidade, realiza um processo de gestão de atendimento com essas informações.

Nosso principal mote, além de acatar uma demanda ou registrar uma sugestão, é usar essa grande base de dados para extrair informações importantes que perpassam toda a administração municipal e, assim, subsidiar a tomada de decisão“, explica Ozires de Oliveira, que é coordenador de atendimento ao cidãdão da Central 156.

 

Ele conta que em 2019 foram feitos mais de 3 milhões de acessos no 156, o que gerou uma grande massa de dados atualizados. Depois de registrados, esses dados são transformados em informações com o apoio de tecnologias como BI (business inteligence), dashboards e gerador de relatórios dinâmicos, que possuem funcionalidades como a geração de gráficos e o cruzamento de informações. Além disso, ele frisa que o uso estratégico da informações ajuda a otimizar os recursos da administração pública.

 

dados tomada de decisão RPC deolho

Leia mais:

Análise de dados acaba com o achismo nas vendas do varejo

Como a ciência de dados pode fomentar negócios e tornar cidades mais eficientes

Artigos relacionados

0 respostas para “Por que a análise de dados é tão importante na tomada de decisão?”

Deixe uma resposta