Menu Busca

Inovação e Tendências

Investimento em publicidade a longo prazo é fundamental, aponta estudo

Anunciantes que aumentam seu share of voice de TV em tempos de crise tem 2x mais chance de aumentar o desejo de compra que a concorrência.

Um novo estudo preparado pelo time de Marketing – Inteligência de Mercado da RPC mostra a relevância do investimento a longo prazo em publicidade para TV. Dados fornecidos pela ThinkBox mostram a importância de pensar estrategicamente além do que é efêmero.

Desde 2019, a quantidade de marcas que investem em TV só cresce. Em 2020, a entrada de players do digital representou 109% de crescimento. 88% do share de investimentos realizados no ano de 2021, exclusivamente pelos players nativos no digital, é da RPC.

Efeitos da publicidade se acumulam ao longo do tempo

Investir em publicidade na TV tem, é claro, muitos efeitos de curto prazo: impulsionamento das vendas, picos nas pesquisas on-line e o famoso “boca a boca” on e off-line. Porém, é muito mais que isso, como mostra o estudo.

O sucesso imediato é apenas uma parte do poder da TV. Para a construção de reputação de uma marca, por exemplo, só o tempo – e o investimento estratégico e constante – traz bons resultados.

Isso também faz parte quando pensamos na jornada de topo de funil, muito conhecida na publicidade e marketing:

 

 

 

Mais oportunidades em tempos de crise

O ditado “quem não é visto, não é lembrado” se aplica mais em momentos desafiadores de recessão, para alguns segmentos, como os que vivemos desde o início da pandemia da Covid-19.

Segundo a pesquisa, os anunciantes que aumentam seu share of voice de TV em tempos de crise tem 2x mais chance de aumentar o desejo de compra dos consumidores que a concorrência. 

Conforme deixa claro o gráfico abaixo, existe uma chance enorme de desvalorização da marca ao se ausentar por um tempo longo da TV. Em apenas 12 meses, por exemplo, existe 73% de chance de perder valor.

Retorno sobre o investimento é maior que o de curto prazo

Indo além, também podemos falar sobre o ROI (retorno sobre o investimento, em português) como uma forma inteligente de acertar na publicidade a longo prazo.

Em média, a publicidade na TV produz um efeito de longo prazo que é 1,9 vezes maior do que o efeito de curto prazo. Vamos trazer essa lógica para o retorno sobre investimento: se o ROI de curto prazo for de R$1,50 para cada real gasto, no longo prazo é de R$2,85 de volta.

E a TV se destaca enormemente neste contexto:

 

Otimização de investimentos

Segundo um estudo econométrico da Ebiquity, um investimento a longo prazo (no caso do estudo, 3 anos) em campanhas publicitárias na TV é responsável por um aumento de 142% do ROI, comparado a um investimento de curto prazo. É, disparado, o melhor retorno comparado com qualquer outra mídia.

Pense, também, que ao combinar a TV com outros tipos de mídia, você pode potencializar ainda mais esses ganhos. Para uma marcar, isso é uma estratégia certeira de exposição ao seu público-alvo. Tome como exemplo que 8 em cada 10 pessoas, enquanto assistem a RPC, fazem buscas na internet sobre algum produto que viram em um anúncio ou durante a programação.

Venha fazer parte dessa trilha de sucesso

Se você chegou ao fim desse texto, existem muitos motivos frescos na sua cabeça que deixam claro o quanto é importante trazer notoriedade para a sua marca na TV. Que tal vir fazer parte do time das marcas que fazem parte da cultura do paranaense?

A Negócios RPC aguarda o seu contato!

 

Leia mais:

Pessoas com mais de 60 anos são oportunidade para negócios no Paraná

Artigos relacionados

0 respostas para “Investimento em publicidade a longo prazo é fundamental, aponta estudo”

Deixe uma resposta