Menu Busca

Marketing e Comunicação

Como as marcas crescem? Insights de Roberto Schmidt, diretor de planejamento e marketing da Globo

Combinar volume de vendas com frequência de compras. Uma equação desafiadora para os negócios: sabia que ganhar novos consumidores é tão importante quanto fidelizar os antigos? Roberto Schmidt, diretor de planejamento e marketing da TV Globo, nos conta o porquê. Vamos juntos!

Falta menos de um mês para 2018. Em meio aos preparativos para garantir bons negócios nas festas, também é preciso pensar nas ações para o próximo ano. Seja para empreender ou para tornar sua marca mais conhecida, é hora de  começar a planejar seus passos. Aproveite para ver as dicas do consultor Fábio Zugman aqui!

Você já sabe o que vai fazer? Para te ajudar a responder esta pergunta, trazemos hoje alguns insights do estudo “Como as marcas crescem”, do Diretor de Planejamento e Marketing da TV Globo, Roberto Schmidt.

1. Pense além da fidelização

É claro que ter consumidores fiéis à sua marca é um grande diferencial de mercado. Afinal, quem não quer ser lembrado? Mais importante do que isso é garantir que seu produto alcance um número maior de pessoas, como explica Schmidt. “Os clientes fiéis não necessariamente consumirão mais do seu produto. Eles podem ajudar na divulgação da marca com o boca a boca, mas não têm a mesma capacidade de alcance das mídias”, esclarece.

Por isso, o foco do planejamento de marca deve contemplar também a conquista de novos consumidores para aumentar as vendas. Schmidt cita o livro “How Brands Grow”, de Byron Sharp: “campanhas que tiveram o objetivo de aumentar a penetração tinham duas vezes mais chances de conquistar enormes melhorias em vendas e lucros”.

2. Seja relevante

Certamente você já ouviu falar sobre marcas relevantes. E é natural que pense em grandes players, como Coca-Cola, Adidas, Natura. Mas também é possível ser relevante na região onde você atua, como aponta Roberto Schmidt: “os consumidores estão expostos a muitas marcas o tempo todo. Mas também precisam minimizar o estresse de escolher. Para ser relevante no momento da escolha, a marca precisa resolver algum problema, ser útil, aparecer na mente do consumidor. Precisa estar presente no dia a dia das pessoas e ter atributos, significados e sentidos. Todos estes valores precisam fazer a diferença tanto para o consumidor quanto para as pessoas que estão ao seu redor”.

Vale lembrar nosso conteúdo sobre regionalismo: marcas que exploram seus atributos locais e conseguem alcançar mais pessoas usando técnicas simples de aproximação.

3. Repense suas estratégias

Redistribuir o foco de suas ações. Já pensou no quanto isso pode ser importante? Não há como pensar em alcance sem pensar em inovações no planejamento de uma marca. Schmidt explica que é preciso desenhar um plano de mídia de forma mais estratégica, sem se deixar seduzir pelos ´termos da moda’. “O grande desafio é rediscutir a importância de planos muito concentrados em target, heavy user, entre outros. Não podemos esquecer dos influenciadores que estão ao redor deste target e dos demais elos da cadeia de compra e distribuição. O alcance precisa se ampliar nesse sentido.  Todo o cenário que envolve um consumidor deve conhecer uma marca e tudo o que ela representa”.

4. Conheça e analise o papel das mídias

Muita coisa mudou nos planejamentos de mídia. Isso é resultado de uma grande transformação na forma de gerar e consumir conteúdo e as marcas que adaptam-se constantemente ganham pontos. Estratégias de branded content ganharam mais espaço, a combinação entre web e TV tem ajudado a potencializar marcas e produtos.

Qual será o melhor caminho para o seu negócio? Roberto Schmidt dá a dica.  “O marketing é uma ciência muito nova, é muito fácil que os profissionais da área fiquem encantados com tantas novidades. É preciso entender a complexidade do cenário de mídias, o papel de cada player e conhecer a influência de cada mídia no funil de consumo. É a forma mais assertiva de direcionar adequadamente os investimentos em mídia e construir atributos consistentes para a longevidade da marca”, finaliza.

Vamos juntos fazer sua marca crescer em 2018? #DeOlhoNoMercadoRPC

Artigos relacionados

0 respostas para “Como as marcas crescem? Insights de Roberto Schmidt, diretor de planejamento e marketing da Globo”

Deixe uma resposta