Menu Busca

Marketing e Comunicação

Explosão de fofura: cães na publicidade

Não há quem resista a um olhar pidão ou uma lambida. Deve ser por isso que os cães vêm ganhando status de grandes estrelas na publicidade. Veja alguns comerciais, emocione-se, divirta-se! Pra fechar, uma entrevista com Deborah Zeigelboim, dona de uma agência de modelos pet.

Eles são fofos, afetuosos, divertidos e garantem carisma a qualquer campanha publicitária. Sim, estamos falando de cachorros! Não há quem resista à forma como abanam o rabo, tombam a cabeça para o lado ou levantam as orelhas ao som da chegada do dono. Eles são sinônimo de felicidade e simpatia e é disto que a publicidade precisa. Não é à toa que a presença deles é constante, principalmente em peças audiovisuais. Com a alegria e a empatia de um cachorro fica fácil contagiar todo mundo.

Do outro lado da telinha ouvem-se os suspiros, risadas, expressões de carinho – “ai que fofinho”, “que gracinha”, “lindo”, “também quero um”. Quer tirar a prova? Vamos a alguns comerciais!

Café Damasco

RPC Comercial propaganda cafe damasco zeca

O comercial de café é estrelado pelo casal Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert – mas quem rouba a cena é o Zeca, o cão fujão da dupla. Ele volta pra casa ao sentir o cheirinho de café. (imagem: reprodução)

Budweiser

RPC Comercial Propaganda Budweiser amigos esperam

O slogan do comercial, “Friends are waiting” (“amigos estão esperando”) é traduzido pela linda relação de um cão à espera de seu dono, que saiu para uma pequena viagem. (imagem: reprodução)

Chevrolet

RPC Comercial Propaganda Silverado cao perdido

Este é de arrancar lágrimas! Em inglês, o menino descreve suas emoções enquanto busca pelo cão de estimação, desaparecido em um passeio.  A Silverado, carro da Chevrolet vendido no comercial, é um mero detalhe. (imagem: reprodução)

Volkswagen

RPC Comercial Propaganda Jetta cachorro falante

Para anunciar o novo Jetta, a Volkswagen partiu para o lado divertido da coisa: e se os cães falassem? Bem, neste comercial, ele fala! (imagem: reprodução)

Difícil não se emocionar ou se divertir, né? Cães geram um envolvimento afetivo único, afinal são os melhores amigos do homem desde que nos conhecemos por gente!

Bastidores: filmando com cães!

De acordo com a diretora de produção da Deiró Filmes, Mary Bacin, o roteiro de filmagem é elaborado pela agência de publicidade a partir de um briefing do cliente. Cabe à produtora encontrar o personagem ideal. “Nós pesquisamos os cachorros de diversas formas: a partir de adestradores, agências ou amigos. E, nesta fase, todos da produtora se envolvem para ajudar a encontrar o cachorro ideal, mas principalmente o diretor de casting”, conta Mary.

Os critérios de seleção são variados e dependem muito da demanda do cliente. Beleza, desempenho e bom comportamento contam muito. Ou seja, aqueles que não destroem sapatos, não derrubam cestas de lixo ou rasgam papel ganham alguns pontos extras.

RPC Comercial Caes estrelas da publicidade

Mary também relata que existe uma grande preocupação por parte da produtora em garantir o bem-estar dos cãezinhos, evitando que se estressem e seguindo as normas de proteção animal: “Nós nos atentamos muito ao tempo de trabalho deles, para que não fiquem estressados. Afinal, um set de filmagem é um local ao qual não estão acostumados, com muita gente, muita movimentação. Então nós só levamos os animais para o set no exato momento em que vão entrar em cena, evitando que fiquem um tempo excessivo naquele ambiente”. 

Como funciona uma agência de modelos pet?

A diretora executiva da Pet Model Brasil,  Deborah Zeigelboim, explica que a agência atua exclusivamente pela web e tem cadastro de pets de diversas regiões do país: “Os cadastros são preenchidos pelo tutor do animal, nos fornecendo todos os dados do pet e do responsável, além de imagens e vídeos. Não é essencial que o bichinho saiba truques ou comandos, porém é sempre mais fácil de trabalhar com um animal adestrado.  Quando a agência recebe o pré-cadastro do animal, as imagens passam por uma triagem, tratamento e produção de um portfólio com espaço para cotação reservado a produtoras”. 

Deborah Zelgeboim, da Pet Model Brasil: "o bem-estar dos cães é fundamental"
Deborah Zeigelboim, da Pet Model Brasil: “o bem-estar dos cães é fundamental”

Por fim, um dos principais papéis de uma agência de modelos animais é assegurar o bem- estar e o tratamento respeitoso durante a realização da campanha. O cachorro deve estar inserido num ambiente seguro, que preserve sua tranquilidade e o estresse minimamente. “A principal característica da Pet Model Brasil é garantir a segurança do animal em qualquer produção audiovisual. Antes de uma produção de sucesso vem  o conforto de nossos pet modelos, de qualquer forma as leis que garantem a proteção de nossos animais são as mesmas leis aplicadas em âmbito Federal, Estadual ou Municipal”, afirma Deborah.

 Seguros e confortáveis atrás e na frente das câmeras, os cãezinhos podem seguir tranquilamente sua vocação para o estrelato – e encher as propagandas de carisma e ternura.

Artigos relacionados

1 respostas para “Explosão de fofura: cães na publicidade”

  1. Anderson says:

    Gostaria de fazer comerciais com meu cão, é um pastor alemão capa preta.
    Idade 1ano e 7 meses

Deixe uma resposta