Menu Busca

Marketing e Comunicação

Marketing “leite quente” do Tesão Piá: regionalismo e publicidade como estratégia de sucesso

Se falar a mesma língua do consumidor é crucial para o crescimento das marcas, o que dizer quando a comunicação se une ao humor regional em busca de conexão e assertividade? Quem já se divertia com esquetes do Tesão Piá na internet agora é surpreendido por aparições da trupe em anúncios na TV. Conversamos com Cadu Scheffer, um dos integrantes do grupo, para entender – entre vinas e capivaras – como a estratégia de fazer o espectador rir de si mesmo gera identificação instantânea.

No entretenimento, dizem que fazer rir é mais difícil do que emocionar as pessoas. Diante das apresentações do Tesão Piá, é impossível não cair na gargalhada. O grupo, genuinamente local, recria e satiriza situações cotidianas dos curitibanos, transformando-as em vídeos para a internet. Tudo com atuações cheias de sotaque, marca registrada dos nascidos na capital.

Do famoso clima de Curitiba às gírias usadas pela população, eles não economizam no regionalismo para conquistarem o público. E é exatamente esta conexão que vem sendo vista em propagandas veiculadas na RPC. “A forma como o Tesão Piá trabalha gera identificação e provoca uma resposta instantânea em quem assiste”, conta Cadu Scheffer, que em 2012 criou o Tesão Piá e, desde então, dedica-se a enaltecer a cultura e as manias do povo curitibano.

Criatividade para driblar a crise

Se há recessão o consumo cai. É aí que o mercado publicitário investe em abordagens criativas como diferencial. As piadas do Tesão Piá levam esta premissa ao pé da letra. “Na crise, a publicidade tende a voltar o olhar para o varejo local e nosso grupo vem sendo lembrado por quem quer estabelecer laços entre o seu produto e o curitibano, com o jeito de ser daqui. E tem dado certo”, pontua Cadu Scheffer.

Como grupo, ele faz questão de enfatizar sua preocupação e dos demais integrantes com a empatia. “Buscamos nos associar a marcas nas quais confiamos, gostamos e acreditamos no trabalho, inclusive para transmitir verdade nas mensagens”, afirma.

Para Cadu, “explorar o bom humor sempre traz vantagens”.  E argumenta: “eu, particularmente, gosto de acidez, mas nos roteiros costumo encaixar algumas doses de nonsense para ficar mais confortável para trabalhar”, diz. O padrão utilizado pelos atores foi se concretizando em virtude do público que os assistia e opinava. “O que começou na experimentação, atirando para todos os lados, afunilou em uma linguagem leve, positiva e de fácil acesso a todas as faixas etárias”, completa.

Segundo o humorista, a regra é surpreender. “Tentamos explorar cantos ainda intactos de uma cidade que aprende a valorizar suas raízes”, observa. A receptividade de quem está do outro lado da tela é inevitável. “Somos parados na rua e as pessoas nos dizem o que gostaram e sugerem temas que ainda não abordamos, o que indica que ainda há muito terreno a usufruir”, analisa.

Interagir com o consumidor é essencial

Ator e humorista, Cadu Scheffer sempre soube que sua experiência com stand up (ele já havia participado do grupo Mama DjoDjo) e os textos sobre Curitiba que escrevia poderiam funcionar na internet. A partir disso, adaptou as piadas do palco para o YouTube. De lá para cá, a criatividade com foco no mercado local reforçou a estratégia de interação entre marcas e consumidores. “Hoje, o que as empresas buscam é estar em evidência, entre os vídeos mais assistidos… E o humor tem esse poder”, ressalta.

Mensagem do piá

Acreditando na valorização do que é daqui, da nossa terra e feito pela nossa gente, Cadu Scheffer tem uma mensagem aos publicitários do Paraná. 

“É preciso confiar no seu potencial e colocar em prática suas ideias, valorizando nosso jeito e costumes. A meu ver, essa é a porta de entrada para o sucesso! Nós, como grupo, estamos sempre nos reinventando, nos adaptando aos novos cenários, buscando por meio da criatividade os meios de transmitir nosso trabalho. E isso é reflexo também dos profissionais que temos aqui, extremamente competentes e comprometidos em fazer o melhor. Não há crise que seja capaz de impedir a realização de um trabalho bem feito, a satisfação de dever cumprido. E nos orgulhamos muito de ter chegado até aqui.”

Vamos juntos falar com a nossa gente? #DeOlhoNoMercadoRPC

Artigos relacionados

0 respostas para “Marketing “leite quente” do Tesão Piá: regionalismo e publicidade como estratégia de sucesso”

Deixe uma resposta