Menu Busca

Marketing e Comunicação

Sinal digital: novos tempos para a TV paranaense a partir de hoje!

Primeiro de fevereiro de 2018. O sinal analógico foi desligado em 27 localidades do Paraná, inclusive na capital. Somos digitais! Ainda neste ano, mais 128 localidades do estado vão se despedir do antigo sinal. O desligamento faz parte de uma nova era na comunicação e na TV aberta. Ivan Miranda, diretor de engenharia e telecomunicações, comemora com a gente esta nova fase da nossa querida telinha. Vamos juntos!

Começou! Desde a zero hora de hoje toda a programação da RPC é transmitida somente pelo sinal digital em Curitiba e mais 26 localidades. Uma nova fase da TV aberta que  vai trazer muitas transformações para a forma de gerar e consumir conteúdo na telinha.

Nesta primeira fase aqui no Paraná, o desligamento foi um sucesso. Ivan Miranda, diretor de engenharia e telecomunicações aqui da RPC, conta mais. “Chegamos nos 91% de digitalização. Entre os cinco clusters que tinham o desligamento agendado para o dia 31 de janeiro, tivemos o melhor índice de conversão”, comemora.

Para atingir este número, um trabalho intenso envolveu instituições do Paraná e de todo o Brasil. Entre eles, o Seja Digital, e as associações de emissoras do Paraná e do Brasil (AERP e ABERT).

O diretor de engenharia e telecomunicações da RPC destaca que o planejamento fez toda a diferença no resultado atingido. “Começamos os trabalhos de pesquisa e comunicação com 90 dias de antecedência, em novembro do ano passado.  Normalmente isso é feito 60 dias antes. Mas tínhamos alguns fatores a nosso favor, como o 13º. salário, que facilitava a compra do kit”, destaca Miranda.

Sinal digital mostra a importância da TV aberta no Paraná

A efetividade das campanhas de comunicação feitas para a chegada do sinal digital foi comprovada nos últimos dias antes do desligamento do analógico, como explica Miranda. “Nós da RPC nos preocupamos muito com a qualidade de cobertura do sinal e impactamos quase três milhões e 800 mil habitantes”. Para ele, os ganhos estão só começando. “A participação massiva da população mostra a importância da TV aberta aqui no Paraná”, destaca.

O próximo passo é desligar o sinal analógico na região Oeste ainda este ano, como explica Miranda: “é o que chamamos de mega cluster, que pega a região do Oeste – Cornélio Procópio, Londrina, Maringá por exemplo. Ao todo serão 128 localidades. Já  temos 100% de cobertura do digital em relação ao analógico e garantimos nosso nível de excelência, tanto na qualidade da programação quanto no sinal que levamos aos paranaenses”.

Novos tempos para a TV paranaense

“Temos um compromisso com os nossos telespectadores, tanto no conteúdo transmitido quanto na qualidade da imagem que entregamos pelo sinal digital. É uma grande mudança para toda a população, para o mercado de anunciantes e para um novo tempo na televisão brasileira”, finaliza Miranda.

Recordar é viver! Ontem, às 23h59, teve até vídeo de  despedida do sinal analógico. Não viu? Solte o play e curta um momento que é pura nostalgia.

Vamos juntos ser digitais! #DeOlhoNoMercadoRPC

Artigos relacionados

0 respostas para “Sinal digital: novos tempos para a TV paranaense a partir de hoje!”

Deixe uma resposta