Menu Busca

Marketing e Comunicação

Propaganda: histórias, mensagens e uma pitada de cinema

No Dia Mundial da Propaganda, profissionais comentam a importância das campanhas em vídeo para alcançar grandes públicos e criar empatia das marcas com consumidores. André Jacques, Bruno Gehring e Carol Winter dão seus depoimentos. Para fechar, três comerciais que mais parecem produções de cinema para inspirar seu fim de semana.

Hoje, 4 de dezembro, é Dia Mundial da Propaganda. A data nasceu a partir de um encontro de publicitários realizado em 1936, mas ganhou o calendário e o mundo na década de 70. Escolhemos este dia para falar um pouco sobre uma das maiores vertentes da propaganda: os comerciais em vídeo!

RPC-Andre-Jacques-Caverna-Filmes
André Jacques, da Caverna Filmes, de Maringá, fala sobre o potencial das campanhas em vídeo

Filmes publicitários têm uma capacidade incrível que vai além de passar a mensagem da marca: eles criam empatia, despertam emoções e se fixam na memória coletiva. E dentro disto, a TV ocupa lugar de destaque no cotidiano da população, conferindo amplo alcance às campanhas. É o que atesta o diretor de cena da Caverna Filmes – produtora de Maringá -, André Jacques: “A TV tem uma potencialidade de comunicação massiva. Nela a publicidade e as marcas encontram uma enorme capacidade de divulgação e comercialização de produtos e serviços. A televisão conversa com muitos públicos o dia todo”, explica. A publicidade aprendeu a utilizar este espaço:  “Mais do que vender,  os filmes publicitários querem passar uma mensagem, participar da vida de seus públicos agregando conteúdos e oferecendo soluções. A publicidade aprendeu a contar histórias que informam, comovem e mobilizam pessoas”, explica Jacques, para quem esta é a melhor forma de gerar empatia e envolvimento.

Imagem, som e um toque de cinema

Bruno_leste_filmes_RPC
Bruno Gehring aponta uma tendência: linguagem de cinema nas campanhas em vídeo

De acordo com o sócio-proprietário da Filmes Leste, de Londrina, Bruno Gehring, a soma entre imagem e som é responsável por uma linguagem diferenciada, capaz de despertar vários estímulos:

“ O audiovisual é essencial para criar uma ligação entre a campanha e o público com o qual ela quer conversar”.

Esta linguagem, que assume cada vez mais ares cinematográficos, possibilita uma absorção mais rápida e completa da mensagem e imprime sua marca na mentalidade do telespectador:

 

“Hoje a publicidade está se aproximando muito das narrativas de cinema, usando planos mais dinâmicos e comunicativos. É um diálogo rápido e sintético, mas que fortalece laços”.

 

RPC Carolina Winter WTF Filmes
Carolina Winter: soma de estratégia com o poder de alcance da TV traz bons resultados

 

A diretora da produtora curitibana WTF?! Filmes, Carolina Winter, vê na televisão um apelo especial, capaz de comunicar de forma completa os benefícios, características e posicionamentos de marcas e seus produtos:

“Apresentar um produto ou um serviço para o mercado é uma ação que necessita de estratégia. A televisão, neste ponto, é uma ótima opção, pois confere um apelo maior à campanha e estimula o público-alvo”.

 

 

 

Para fechar, algumas campanhas em vídeo que mais parecem super produções de cinema. Confira!

Jack Daniels – This is Jack

RPC Dia da propaganda this is jack

A fabricante de whiskey lançou aquela que promete ser sua maior campanha no Brasil, com vídeos e conteúdo multimeios. O produto fica em segundo plano: a ideia é reforçar a marca criando identificação com o público. Os vídeos são uma espécie de “manifesto sobre a independência” e apresentam cinco personagens diferentes, cujo conceito de independência pessoal está diretamente relacionado com seus estilos de vida.

Johnnie Walker – Aposta entre cavalheiros

RPC Dia da propaganda johnnie walker

Parece que as marcas de bebidas estão apostando suas fichas em  grandes produções. A Johnnie Walker, por exemplo, lançou este ano os vídeos “Aposta entre cavalheiros”. São dois curtas estrelados por ninguém menos que Jude Law.

Coca-Cola – Uma ponte para Noel

RPC Dia da propaganda caravana coca cola

A Coca-Cola é especialista em emocionar com suas campanhas. Para este Natal não foi diferente: a marca produziu um curta-metragem para apresentar a caravana de Natal. O filme é assinado pela agência J. Walter Thompson.

Artigos relacionados

0 respostas para “Propaganda: histórias, mensagens e uma pitada de cinema”

Deixe uma resposta